hunter-logo

Venho trazer mais um sonho que cacei na internet, toda postagem que tiver a imagem da palavra HUNTER, pode ter certeza que são sonhos caçados. Irei usar este termo, ao invés de pesquisados, ok? Este relato está sendo postado por estar contido nele uma GRANDE RIQUEZA DE DETALHES. Não creio em Reptilianos, mas este sonho é muito detalhado e creio que vale a pena ser postado aqui.

Tirei um cochreptilianoilo de 30min e em tão pouco tempo, tive um sonho tão bizarro que não sei nem por onde começar, mas vou tentar.

Eu estava em uma casa, em um quarto mas não era o meu, minha sogra estava deitado ao meu lado estávamos conversando, passou uns minutos ela se levantou e saiu.Poucos minutos depois, ouço um barulho alto de uma máquina parada em frente a casa, saio curioso e me deparo com um tanque de guerra, com uns 7-8 homens fardados, me olhando fixamente e eu com uma expressão de incógnita, quando de repente, um deles, desce do tanque, abre o portão, vem na minha direção, ele era pálido e tinha umas tatuagens no rosto e o mais estranho, ele coloca a língua para fora como um lagarto, e a língua possuía uns cortes que abriam e fechavam, seus olhos eram pequenos como de um chinês, e piscavam muito rápido, claramente ele não era totalmente humano, passou na minha frente, entrando pela sala, atravessando a cozinha e indo até o quintal, o segui sem falar nada, ele olha fixamente para uma parede e puxa um tijolo, surgiu uma luz que logo se apagou, o perguntei o que estava fazendo, da onde eles eram, o que estavam fazendo ali, eu fazia essas perguntas repetidamente e não obtinha resposta alguma, ele me ignorava, como se eu não estivesse ali, enquanto apertava como se fosse uns botões, ele virava seu rosto na minha direção, mas não me olhava nos olhos, tinha olhos bem claros e verdes, e do nada ele me empurra e se afasta de mim, e olha fixamente para a grama. Se abre uma porta e começa a subir a ponta de algo que era grande, vai subindo e quando eu vejo é um míssil eu acho, me assustei e olhei pra ele, mto apavorado me afastei mais, ele o ativa e se afasta também, em segundos aquilo vai para o céu, fazendo um barulho ensurdecedor pela distância que estava dele, o quintal era pequeno, assim que some nas nuvens, ele vira de costas e vai embora, ele meio que correu, atravessou a casa, saiu pelo portão, e entrou no tanque que no segundo seguinte, foi embora.
Nesse momento, a rua já estava tomada por pessoas do bairro, me olhando como se eu fosse alguém que fez algo muito errado, não entendi nada, e todos me perguntavam o que houve e o que era aquilo que saiu da minha casa, nao sabia responder, e acordei.

Anúncios